Orgulho de ser gaúcho

Que tal um mate?

Não é a luz bem nascida
Já eu junto do fogão
Me preparo para a lida
Tomando o meu chimarrão...
É ele o constante amigo
Que vem logo ter comigo
Do dia ao primeiro alvor.
Da mente as névoas consome,
Mata a sede, ilude a fome
E a todo ser dá vigor.
(Assis Brasil).

Uma vez servido o mate, deve ser tomado todo, até esgotá-lo, fazendo roncar a cuia.